ou Acessar

Pós Evento
Sobre o Encontro
Parceiros
Dias 27 e 28 de Julho de 2019 das 9 às 17h
Sobre o Encontro

Programação

Oficinas
Palestras
PARA PARTICIPAR DAS OFICINAS, ALÉM DE PREENCHER A FICHA DE INSCRIÇÃO DE NOSSO PORTAL, O INTERESSADO DEVE ENVIAR EMAIL A caem@escolasdemusica.com.br E NO ASSUNTO COLOCAR O TÍTULO DA "OFICINA". O PARTICIPANTE SERÁ ATENDIDO DE UMA ATÉ TRÊS OFICINAS, CONFORME VAGAS DISPONÍVEIS. PORTANTO, COLOCAR AS OFICINAS NA ORDEM DE PREFERÊNCIA.

NÃO É PERMITIDA A INSCRIÇÃO EM 2 OFICINAS COM O MESMO PROFISSIONAL


* programação sujeita à complementação e confirmação de sala

OFICINAS LOTADAS EM CINZA

DATA

SALA

HORÁRIO

TEMA

OFICINEIRO

27/7 10 ~ 12h "MÚSICA / ESCOLA E FAMÍLIA" Leane Acedo
27/7 10:30 ~ 13h
LOTADA
"TRANSIÇÃO DA MUSICALIZAÇÃO PARA O INSTRUMENTO ESPECÍFICO ATRAVÉS DO PIANO" Maive Arndt
27/7 10:30 ~ 11:10h "MARKETING DE CONTEÚDO COMO ESTRATÉGIA PARA AUMENTAR A VISIBILIDADE DE SUA ESCOLA" Priscilla Nunes
27/7 10:30 ~ 13:30 "ERA UMA VEZ...INSTRUMENTAL ORFF E PROJETOS PEDAGÓGICOS" Léia Grechi
27/7 12 ~ 14h "FOLK DANCES – 2a EDIÇÃO - O OLHAR PEDAGÓGICO DAS DANÇAS FOLCLÓRICAS" Roberta Bonelli
27/7 13 ~ 15h "O CANTO E A TÉCNICA VOCAL PARA O GOSPEL" Isabeh
27/7 13 ~ 16h
LOTADA
"SCRAPMUSIC – CRIAÇÃO MUSICAL NA PALMA DA MÃO" Cecília Cavallieri França
27/7 14 ~ 15h "O UNIVERSO INFINITO DA PERCUSSÃO COM TANAJURA" Nilo André Cruz
27/7 14 ~ 17h "ESCALA NA ESCOLA: A MÚSICA A SERVIÇO DA ESCOLA BÁSICA" Elvira Drummond
27/7 15 ~ 17h "A FLAUTA DOCE TENOR COMO INSTRUMENTO DO PROFESSOR" Cristal Velloso
27/7 16 ~ 16:40h "ENSINO DE PRODUÇÃO MUSICAL. O MÚSICO QUE VIROU PRODUTOR E O PRODUTOR QUE VIROU MÚSICO PRÁTICO" Edifier - Fernando Quesada
         
28/7 9 ~ 11:30h "A VOZ COMO RECURSO MUSICOTERÁPICO NO TRATAMENTO DE BLOQUEIOS EMOCIONAIS E AUTOCRÍTICA NEGATIVA EM ESTUDANTES DE CANTO" Márcia Bertti
28/7 9 ~ 12h "EXPLORAÇÕES E CRIAÇÕES SONORO-MUSICAIS NA DIVERSIDADE DA SALA DE AULA" Lisbeth Soares
28/7 10 ~ 13h
LOTADA
"ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDOS PARA O ENSINO DA MÚSICA" Enny Parejo
28/7 10 ~ 10:50h "GESTÃO DE CARREIRA PARA MÚSICOS" Débora Ildêncio
28/7 10:30 ~ 13h "TRANSIÇÃO DA MUSICALIZAÇÃO PARA O INSTRUMENTO ESPECÍFICO ATRAVÉS DO PIANO" Maive Arndt
28/7 11:30 ~13:30h "MÚSICA E BEM ESTAR - A INTERFERÊNCIA DA MÚSICA NA QUALIDADE DE VIDA" Márcio Scialis
28/7 13 ~ 13:40h "ENTENDA OS CONCEITOS DO SOM PARA ESCOLHER O SEU MELHOR MONITOR" Kleber Shima
28/7 13 ~ 16h "VOZES EXPRESSIVAS E CRIATIVAS" Roberta Forte
28/7 13:30 ~ 15h
LOTADA
"NEUROCIÊNCIA DESTRAVANDO O APRENDIZADO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS" Márcia Kodama
28/7 13:30 ~ 16:30h "FOLCLORE EM CENA: DO CORPO AO INSTRUMENTAL ORFF" Elvira Drummond
28/7 14 ~ 15h "O UNIVERSO INFINITO DA PERCUSSÃO COM TANAJURA" Nilo André Cruz
28/7 15 ~ 16h "MÚSICA NOS HOSPITAIS" Hospital Premier – Viver a Música


DESCRIÇÃO DAS OFICINAS

“O UNIVERSO INFINITO DA PERCUSSÃO COM TANAJURA“
NILO ANDRÉ CRUZ

 


Nilo André Cruz é o criador do Tanajura. Tanajura é um multi-instrumento de percussão genuinamente brasileiro, com uma versatilidade jamais vista. Reproduz tanto a bateria convencional como também diversos outros instrumentos que não utilizam esteira de repique, como bongô, atabaque, surdão, bumbo e ainda mais.
Lançado em 2009, está em todo o mercado brasileiro. Apresentado ao mercado norte-americano, durante os NAMM Shows de 2016, 2017, 2018 e 2019 mereceu destaque de capa na revista oficial da feira, por sua criatividade e sonoridade.
Produzido exclusivamente por ROZINI Instrumentos Musicais, sediada na capital paulista, o Tanajura é 100% composto de matéria-prima e componentes nacionais. Intuitivo e extremamente sensível, pode ser tocado acústica ou eletricamente (saída P10 para amplificação) e combinado com outros instrumentos, como pandeiro de pé, chocalho, pratos de bateria, etc.

“SCRAPMUSIC – Criação musical na palma da mão“
CECÍLIA CAVALLIERI FRANÇA

 


A criação é uma prática fundante na educação musical uma vez que a escolha sobre incontáveis possibilidades de organização dos sons desenvolve a sensibilidade e o entendimento quanto à expressividade das ideias musicais. Esta oficina aponta caminhos para o trabalho de criação musical na sala de aula por meio de atividades acessíveis e musicalmente consistentes que envolvem decisões criativas sobre os mais diversos padrões e elementos sonoros em diferentes contextos e formas de notação. A metodologia leva o indivíduo a pensar e a agir criativamente com apoio de um material visualmente estimulante, que concretiza as possibilidades de organização dos elementos musicais, apoiando-se tanto quanto ampliando a escuta de vasto repertório.

“MÚSICA / ESCOLA E FAMÍLIA“
LEANE ACEDO FONSECA

 


OBJETIVO: Trabalhar com objetos e utensílios que temos em casa para fazer música. Vivenciar momentos lúdicos com a família através da música. Trazer ideias para as datas comemorativas escolares tais como: Dia das mães, dia dos pais, festa da família, dia dos avós, feira cultural, etc.
ESTRATÉGIA: Trazer a família para o universo do brincar, jogar, criar e aprender através do ensino da música.
Nessa oficina, traremos ideias de atividades que proporcionem momentos interativos com objetos que fazem parte do cotidiano da criança e com instrumentos musicais, despertando a criatividade e suas potencialidades aprendendo assim, de forma espontânea, e podendo compartilhar em casa com seus familiares.
PÚBLICO ALVO: Professores de música ou musicalização Infantil, Educação Infantil e Fundamental.

“MARKETING DE CONTEÚDO COMO ESTRATÉGIA PARA AUMENTAR A VISIBILIDADE DE SUA ESCOLA“
PRISCILLA NUNES

 


A maior parte das empresas já está na internet, seja via mídias sociais, e-mail marketing, blog, site, etc. Por isto, é essencial ter uma estratégia definida, sabendo como gerenciar as marcas nestas plataformas e se comunicar de forma eficiente. Esta oficina tem como proposta compartilhar algumas dicas para a criação de conteúdos relevantes, com o objetivo de atrair o público, criar uma percepção positiva de sua marca e assim aumentar o potencial de captação de clientes.

“A FLAUTA DOCE TENOR COMO INSTRUMENTO DO PROFESSOR“
CRISTAL VELOSO

 


Pré-requisito: tocar a flauta doce e soprano e ler partitura. Desejável que se tenha a flauta tenor.

“A VOZ COMO RECURSO MUSICOTERÁPICO NO TRATAMENTO DE BLOQUEIOS EMOCIONAIS E AUTOCRÍTICA NEGATIVA EM ESTUDANTES DE CANTO“
MÁRCIA BERTTI

 


PÚBLICO ALVO: PROFESSORES DE CANTO, CANTORES, ALUNOS DE CANTO, MUSICOTERAPEUTAS E PROFISSIONAIS DA VOZ

SINOPSE DA OFICINA
A voz é a livre expressão do ser humano. Pela voz expressamos nossas emoções , sentimentos, personalidade. O desenvolvimento da voz acompanha e representa o desenvolvimento do indivíduo tanto do ponto de vista físico , como psicológico e social.
As dificuldades vocais de um aluno ou cantor podem ser originadas por inúmeros problemas. Um deles está ligado ao aspecto emocional.
Abordaremos nesta Oficina a relação entre voz e emoção sob a ótica musicoterápica aliada a técnicas corporais que trabalhem o ser humano, corpo e mente.

OBJETIVO: Oferecer métodos e técnicas de utilização da voz como recurso musicoterápico aliados a técnicas terapêuticas de abordagem corporal capazes de auxiliar professores de música e /ou musicoterapeutas a lidarem melhor com estudantes de música ou pacientes que apresentem bloqueios emocionais , autocrítica negativa e dificuldades de autoexpressão, contribuindo para seu progresso e satisfação pessoal.

“EXPLORAÇÕES E CRIAÇÕES SONORO-MUSICAIS NA DIVERSIDADE DA SALA DE AULA“
LISBETH SOARES

 


SINOPSE DA OFICINA
Partindo da ideia de que a Música é uma linguagem socialmente construída, presente em todas as culturas e que acompanha a vida humana em todos os seus momentos, desde o nascimento até a morte, a proposta desta oficina é explorar as sonoridades do corpo, de diferentes objetos, de instrumentos musicais, do ambiente e, a partir desta exploração, criar e organizar novas ideias sonoras coletivas, em um ambiente inclusivo e colaborativo.
Para tanto, nos apoiaremos em alguns pressupostos, tais como das ideias de Música como discurso (Keith Swanwick), de Paisagem Sonoro-Musical(de Murray Schafer), e da Música como jogo (Teca Alencar de Brito), discutindo sobre a importância de ações que busquem acolher à diversidade, em especial aquelas derivadas das deficiências, de forma respeitosa e significativa, entendendo a diferença como algo positivo e não limitante.
A partir dessas premissas, a oficina está estruturada em três eixos:
- Música como prática social: o fazer musical coletivo
- A Educação Musical na atualidade: princípios e objetivos da Educação Inclusiva
- Recursos, materiais e estratégias que podem favorecer a inclusão e o respeito à diversidade.

“NEUROCIÊNCIA DESTRAVANDO O APRENDIZADO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS“
MARCIA KAZUE KODAMA HIGUCHI

 


Tópicos a serem abordados:
- Funcionamento do cérebro e as dificuldades do aprendizado musical
- Raciocínio, intuição e emoção na execução musical
- Procedimentos que facilitam as integrações de diferentes tipos de habilidades necessárias para execução de instrumentos musicais.

“GESTÃO DE CARREIRA PARA MÚSICOS“
DÉBORA ILDÊNCIO

 


- Players para atuação no mercado da música;
- Gestão de carreira na prática: como apresentar seu trabalho de forma atrativa para ter ao seu lado grandes marcas

“MÚSICA E BEM ESTAR – A INTERFERÊNCIA DA MÚSICA NA QUALIDADE DE VIDA“
MARCIO SCIALIS

 


Público: professores de música, arte-educadores, orientadores, terapeutas e afins.

Sinopse: o músico e bioterapeuta Marcio Scialis aborda assuntos relacionados ao aumento da qualidade de vida através da utilização da música como ponto de equilíbrio intra e interpessoal, incluindo aspectos do aprendizado, apreciação e interatividade, direcionando as informações para uma aplicação prática e eficaz. Como multi-instrumentista, as informações da prática e do aprendizado musical tornam-se mais facilmente exemplificáveis aos profissionais do ramo, e como bioterapeuta, novas e preciosas informações são repassadas para terapeutas e consulentes, professores e alunos, além dos que se interessam pelo assunto, fazendo da música uma ferramenta indispensável na melhora de síndromes diversas e no estímulo a uma vida melhor.

“VOZES EXPRESSIVAS E CRIATIVAS“
ROBERTA FORTE

 


Sinopse: tem por objetivo estimular a pesquisa vocal individual e coletiva por meio da conscientização das posturas corporais que favorecem a emissão da voz cantada e falada, da exploração das sonoridades individuais e suas combinações coletivas, da escuta de si, do outro e de jogos de improvisação e criação em grupo.

CAEM Encontro Nacional de Escolas de Música Notícias Agenda Classificados Professores Revista No Tom Loja Parceiros Contato
Tel.: (11) 3862-5376
Email: caem@escolasdemusica.com.br
CAIXA POSTAL: 61060 - SP/SP - CEP 05001-970 Todos os direitos reservados para Escolasdemusica.com.br © 2022